Tomar a vida nas próprias mãos

mãos se desenhando Escher

Você é o autor e o leitor da história da sua própria vida. Inspire-se e realize sua grande obra!

Nosso desenvolvimento pessoal depende de tomarmos as rédeas de nossa própria vida e isso só pode ser feito se estivermos dispostos a aprender com o nosso passado, mudar o nosso presente e planejar o nosso futuro. Isso exige uma boa dose de coragem, tempo e determinação. A maioria de nós ainda responsabiliza a falta de tempo e de dinheiro para explicar o pouco cuidado consigo mesmo e as promessas, projetos e sonhos constantemente adiados.

Você realmente acredita que seu chefe, cônjuge, filhos, amigos ou família vão te dar atenção e prioridade quando você mesmo(a) se ignora? Você acredita que poderá ajudá-los quando você ainda não conseguiu ajudar a você próprio(a)? Você acha ser possível dar ao outro aquilo que você ainda não adquiriu para si mesmo? Claro que não é possível dar aquilo que não temos. O que estamos fazendo se não temos algo mas queremos dá-lo ao outro? Não temos tempo mas queremos dar nosso tempo ao outro, será que desta forma não estamos roubando o tempo do outro? Lembre-se que todo o tempo que você dá ao outro é também um tempo que o outro dá a você. Se isso é feito no automático, sem um real interesse pelo outro, é mais provável que estejamos roubando o tempo do outro.

O tempo é realmente algo muito precioso, não porque tempo seja dinheiro, mas porque tempo é vida, a sua vida e a vida do outro. E a vida é simplesmente o bem mais precioso que alguém pode ter. Talvez por comodismo e falta de motivação ela possa ser algo entediante, pesado e cansativo. Mas isso é uma escolha…, sim, é a sua escolha, ainda que você não saiba disso. Pois a vida é uma escola que te dá a oportunidade de aprender lições preciosas. A vida só te dá lições práticas e que você pode imediatamente experimentar, aplicar na própria vida. Se você acertou, parabéns, siga em frente e passe para o próximo nível! Se você errou, a vida está te dando uma excelente oportunidade de aprender, pois os erros são os melhores professores.

Vá em frente e seja autor de seu próprio livro didático, que é a história da sua própria vida! Mas lembre-se, para que esse livro seja realmente didático, para que você aprenda com ele, é preciso revisar as lições passadas, perceber onde estão os erros e acertos. E mais, é preciso planejar as próximas lições, pois o que será dos leitores se os autores não tiverem consciência, maestria e verdade naquilo que estão escrevendo?

Você é o autor e o leitor da sua própria vida e ninguém pode fazer isso por você. Inspire-se e realize sua grande obra!

Escrito por Cecília Costa, Instituto SerMente Livre

Se você quer receber gratuitamente nossos próximos artigos e atividades, clique aqui!

Um comentário sobre “Tomar a vida nas próprias mãos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s