Quando um quer, dois se reconciliam!

divorce-156444_640

Como resolver conflitos, quando apenas uma das partes está aberta para uma solução harmoniosa? Na última década tivemos um avanço nas ferramentas para solução de conflitos, tornando-se mais comum encontrar a ajuda de profissionais especializados em facilitação de grupos, mediação e resolução de conflitos. No âmbito jurídico surgiu a justiça restaurativa, onde se usa a comunicação não violenta e outras ferramentas de mediação, que tem melhorado, significativamente, os acordos entre as partes. Até mesmo no caso de homicídios a justiça restaurativa tem tido sucesso, dando a oportunidade de que o assassino e a família da vítima possam ter um encontro humano, onde há espaço para empatia e compaixão.

No entanto, há situações em que este espaço de diálogo não é possível, seja porque há resistência de uma ou de ambas as partes, seja porque um encontro presencial já não é mais desejado ou possível (p. ex. por morte, desaparecimento, etc). Nestes casos, a constelação familiar é uma ótima alternativa. Nessa técnica terapêutica basta que uma das partes esteja aberta a encontrar a solução para o problema, sendo que os demais envolvidos são representados por uma outra pessoa (que pode ser o terapeuta ou um participante, no caso de trabalhos em grupo). Como a constelação trabalha no nível energético, o campo de informação daquele sistema é aberto e os representantes passam a acessar os reais sentimentos das partes envolvidas. Uma seção dura em torno de 1 hora, tempo suficiente para os representantes, ajudados pelo terapeuta, irem buscando através de frases, gestos e emoções um novo lugar dentro do sistema. Na maioria dos casos, a constelação termina com uma nova imagem, uma imagem que traz a solução para o problema inicial. O cliente tem então a oportunidade de mudar sua compreensão sobre a situação e, a partir disso, pode experimentar na prática o que os grandes líderes espirituais não cansam de dizer: “A mudança começa de dentro. Mude você e você mudará o mundo.”

Texto escrito por Cecília Costa, diretora do Instituto SerMente Livre.

Para receber gratuitamente artigos que contribuam para seu autodesenvolvimento ou participar de um encontro de Constelação Familiar, clique aqui.

Curso vivencial: Desvendando seu script oculto

livro da minha vida

Cada um de nós é responsável por escrever o livro da sua própria vida. Porém, poucos conhecem o roteiro oculto que impede nossas histórias de serem felizes, inéditas e plenas de realizações.

Durante dois dias de curso vivencial cada um terá a oportunidade de desvendar seu próprio script oculto, conhecer a forma como ele influencia na sua história de vida e liberar-se de seus aspectos negativos. Siga escrevendo sua história de vida, agora de forma mais criativa, leve e plena de significado!

Para formalizar gratuitamente seu interesse e/ou pedir mais informações, clique aqui.

Constelação Familiar

familia colorida 3

Muitas vezes assumimos inconscientemente problemas que remontam de acontecimentos em nossa família, na vivência de nossos antepassados ou provenientes de nossa infância. Isso nos causa sofrimento, culpa, amor cego, os quais influenciam profundamente os nossos sentimentos, o nosso agir e até mesmo a nossa saúde.

Através da técnica terapêutica da constelação familiar podemos trazer à luz esses emaranhamentos ocultos, mas que afetam a dinâmica de nossas vidas. Isso nos permite ampliar nossa força interior e a capacidade de entender nosso próprio comportamento, tornando possível a reconciliação conosco mesmo, com certas situações e com outros membros do nosso sistema.

Que temas podem ser trabalhados em uma constelação familiar?
– conflitos familiares, 
– conflitos entre casais; 
– dificuldade ou bloqueios para engravidar ou para manter uma gestação;
– dificuldade em lidar com perdas de parentes, pessoas queridas ou parceiros; 
– dificuldade em relacionar-se com outras pessoas; 
– problemas de saúde (transtornos psicopatológicos e alimentares, câncer, e outros); 
– dificuldade em escolher uma profissão; 
– conflitos entre sócios, funcionários e clientes; 
– problemas financeiros. 

O trabalho é feito individualmente ou em grupo. Nas constelações em grupo você pode participar assistindo e representando (não precisa de agendamento prévio) ou abrindo sua própria constelação (agendar previamente).

Para formalizar gratuitamente seu interesse e/ou pedir mais informações, clique aqui.

Para ficar atualizado dos próximos encontros, peça para entrar em nosso Grupo no Facebook: Constelação Familiar BH-Santa Luzia ou Constelação Familiar e Sistêmica – Recife.

Curso: Culinária com alimentos não convencionais

prato do dia horizontal preenchido por mim

No Brasil cada pessoa ingere por ano mais de 5 litros de agrotóxicos, o que compromete profundamente a saúde do corpo e dos ecossistemas. Nossa segurança alimentar depende de encontrarmos novas fontes de alimentos, adaptadas a cada localidade de modo que cresçam sem necessidade de irrigação e de venenos. Estes alimentos existem, mas são tratados por nossa agricultura como ervas daninhas. Neste curso você irá aprender a reconhecer plantas comestíveis e preparar deliciosas e nutritivas refeições.

Outros tópicos relacionados com o assunto: Diversifique e inove seu cardápio.

Para inscrições e mais informações, clique aqui.

Diversifique e inove seu cardápio

alimentos exoticos yummy-333666_1280

A diversidade de alimentos que compõe a alimentação humana vem diminuindo drasticamente. Há algumas décadas atrás cerca de 30 tipos de grãos compunham a alimentação humana, mas hoje, em todo o mundo ela é baseada principalmente em 5 tipos de grãos (arroz, feijão, milho, soja, trigo). Essa drástica redução da diversidade alimentar aumenta as monoculturas, o desmatamento, o gasto de água na agricultura, o uso de agrotóxicos e o desenvolvimento de transgênicos. No Brasil, cada pessoa ingere por ano mais de 5 litros de agrotóxicos, o que compromete profundamente a nossa saúde e de nossos ecossistemas. Nossa segurança alimentar depende de encontrarmos novas fontes de alimentos, adaptadas a cada localidade de modo que cresçam sem necessidade de irrigação e de venenos. Estes alimentos existem, mas são tratados por nossa agricultura como ervas daninhas e raramente são comercializados.

A solução é inovar na alimentação, através do resgate dos hábitos alimentares não convencionais. Você pode fazer isso visitando comunidades tradicionais e adquirindo mudas e receitas, conversando com os mais velhos, pesquisando nos livros de receitas antigos e investindo em livros e cursos sobre o tema. O ideal é você ter a oportunidade de aprender a identificar e preparar estes alimentos.

Pensando nisso, o Instituto SerMente Livre criou o curso “Culinária com alimentos não convencionais”, onde você irá aprender a reconhecer e preparar deliciosos e nutritivos pratos com alimentos que crescem espontaneamente em sua região. O curso está disponível na região metropolitana de Recife, PE e Belo Horizonte, MG, mas você pode solicitar um curso na sua região!

Para saber mais sobre o assunto: Filme: O veneno está na mesa.

Para inscrever-se ou ter mais informações, clique aqui.

Texto escrito por Cecília Costa